Notícias

Reconhecimento do Instituto e da Política de Prevenção

Instituto Elo é convidado a participar de premiação de jornal mineiro

O Instituto Elo foi convidado a integrar a comissão julgadora do Prêmio Cidadãos do Mundo, que está sendo promovido pelo jornal Hoje em Dia. Com base na missão da iniciativa, voltada à valorização de projetos relacionados ao desenvolvimento sustentável, em suas dimensões social, econômica e ambiental, o diretor de pesquisa e desenvolvimento técnico do Instituto Elo, Fabiano Neves, que foi o nome designado a representar a entidade na comissão, destaca a relevância da iniciativa: “Nos últimos anos o foco da grande mídia sobre as organizações envolvidas com a atuação social foi muito no sentido de denunciar irregularidades; um trabalho necessário, mas que deu uma margem insuficiente de visibilidade aos projetos realmente sérios e comprometidos com a mudança social. Prêmios como esse representam, justamente, a oportunidade de se mostrar esse outro lado, verdadeiramente engajado e responsável”, comemora.

Integrante do Departamento de Marketing do Hoje em Dia, que participa ativamente da produção do prêmio, Rebeca Dias justifica que o Instituto Elo foi lembrado para participar da instância de avaliação do prêmio como forma de reconhecimento à organização e sua parceria com o Governo de Minas: “Na pesquisa sobre as instituições a convidar, pudemos verificar a transparência e eficiência do trabalho do Instituto, o que se destaca ainda mais pelo grau de relevância da política onde atua, que é o caso da Política de Prevenção Social à Criminalidade do estado (saiba mais)”, pontua.
 
O ‘Cidadãos do Mundo’ destacará os vencedores deste ano durante o 9º Encontro Nacional do Terceiro Setor em Minas Gerais, no próximo dia 10 de junho, em auditório da Uni-BH (Belo Horizonte).
 
 
Veja mais notícias relacionadas à atuação do Instituto com o Governo de Minas em Parcerias


Comentários

  1. 11/06/2013 18/0644
    Jairo Nascimento
    Parabéns Fabiano por nos representar com palavras tão acertadas. Cada vez mais precisamos criar espaços para que as ações que dão certo, promovem a paz e a boa vivência das pessoas das nossas comunidades possam aparecer. Infelizmente temos visto a mídia cada vez mais em mostração do horror. Talvez criarmos desde as crianças, nas escolas, nos lares, nas praças, em todos os lugares possíveis o gosto pelas coisas bonitas, as cenas agradáveis, de amor, de esperança, de construção positiva, de futuro feliz. Que a felicidade passe a fazer doer de prazer. Talvez consigamos. rs... Grande abraço, meu velho. Continue firme!

Deixe um comentário